Como implementar relatório de condutores para análise de dados

Se você deseja alcançar seus objetivos de forma rápida e eficiente, o melhor recurso é fazendo um bom planejamento. Mas não basta planejar só na cabeça, ok? É importante colocar tudo no papel. Fazendo isso, você terá acesso a todo o mapeamento dos objetivos e metas descritas com clareza para qualquer tomada de decisão futura.

Para quem trabalha no segmento do transporte, o desafio é o mesmo. Para ter maior durabilidade dos veículos, menores custos com manutenções e mais segurança nos deslocamentos, um relatório descrevendo a performance do seu time de motoristas ou mesmo o seu, no caso dos autônomos é fundamental.

Através desses dados, será possível fazer os ajustes necessários, programar treinamentos com os motoristas se for necessário e assim, manter o seu empreendimento de forma saudável por muito tempo.

Para ajudá-lo, trazemos abaixo um modelo básico contendo os principais itens que devem constar em um relatório de condutores. Se ligue nos dados, companheiro!

planilha grátis

Baixe gratuitamente nossa planilha e coloque em prática nossas dicas agora mesmo!

Média por KM

Já falamos sobre esse assunto em posts anteriores: engana-se quem pensa que velocidade alta significa chegar mais rápido. Quanto maior for a velocidade do caminhão, mais combustível ele vai consumir. Se o motorista mantiver uma velocidade média em todo o percurso, haverá menos desgaste do caminhão e maior economia de combustível.

Velocidade máxima

O condutor deve ter sempre em mente que quanto maior for a velocidade, mais combustível ele irá consumir. Estabeleça uma velocidade máxima, adequada para a carga transportada e para o trecho percorrido, e analise os dados colocados na planilha para verificação dos dados.

Tempo de marcha lenta

O caminhão gasta de 2.5 a 3.5 litros por hora, assim quanto menor for o tempo na marcha lenta, menos combustível ele gastará. Marcha lenta é combustível indo embora. O ideal é que o tempo na Marcha lenta seja inferior a 10%, para ter economia de combustível.

Rotação

Rotação é a quantidade de voltas do motor. É importante observar a rotação do motor, pois quanto mais alta a rotação, mais o veículo estará acelerando, portando, gastando mais combustível. Esta faixa de torque do caminhão vai de 1.000 a 1.300 rpm. A meta é buscar o ponto de economia do motor, trabalhando o maior tempo possível dentro da Faixa Verde.

Pneus

Observar sempre a calibragem dos pneus para garantir melhor performance do veículo. O tipo de “desenho” ou ranhura dos pneus também interferem diretamente no consumo de combustível. A carga transportada, a topografia e região onde o veículo circula vão indicar o tipo ideal de pneu a ser utilizado.

Limpeza

A limpeza e aparência geral do veículo podem não impactar na economia de combustível, mas entram no mesmo grau de importância junto com os outros itens da planilha. É importante que o condutor mantenha o veículo limpo assim como a visualização da logomarca e nome da empresa. O aspecto de asseio da cabine também conta, assim como a limpeza dos filtros do ar condicionado, que devem estar em dia.

Mecânica

Programar as paradas para a manutenção preventiva do caminhão vão evitar as “paradas” inesperadas e indesejadas do veículo na estrada. Coloque a programação das paradas na planilha, para ter a frota sempre circulando.

Acerto 

Estabeleça notas para pontuar e, por que não, premiar seu time de condutores.

 

Treinamento de motoristas

A Scania conta com um time de consultores dedicados em ajudar na melhor performance dos motoristas na estrada. Além de ajudar a estabelecer os parâmetros para a melhor condução, eles orientam sobre como tirar o melhor do caminhão Scania.

O aumento da eficiência de combustível, segurança na estrada e sustentabilidade, e a percepção da redução do tempo de inatividade e os custos operacionais são imediato!

Clique aqui e saiba mais!

 

Este post te ajudou? Está com dúvidas? Entre em contato para que a gente possa te ajudar da melhor forma! Queremos achar a melhor solução para seu caminho! Boa viagem, amigo caminhoneiro!

 

Marketing P. B. Lopes | Jornalista Emilia Miyazaki

 

 

0 Replies to “Como implementar relatório de condutores para análise de dados”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.